Brasil CNPq araucaria nuepe

Unidade Didática Estrutura das Células

Célula eucariótica animalCompreender a célula é fundamental para a construção do conhecimento científico biológico. Com base neste pressuposto  foi elabora uma unidade didática constituída por roteiros detalhados da aula, que extrapolam um “plano de aula”. Todas as atividades previstas são detalhadas em seus objetivos e outros aspectos relevantes, de maneira que o professor possa escolher dentre eles aqueles que mais se adequarem ao seu planejamento. Assim,  o objetivo dessa unidade é desenvolver no estudante a compreensão da  célula como estrutura real,   que apresenta componentes que funcionam de forma integrada  capacitando-o a perceber as implicações de seu funcionamento na manutenção da vida,  a  avaliar o impacto das condições do meio sobre a fisiologia celular e  a desenvolver uma postura ética pela valorização saúde  e da natureza. Os conteúdos abordados são: Introdução ao  conhecimento sobre as células.  Membrana plasmática: Citoplasma: citosol e organelas. Estrutura e função das organelas: retículo endoplasmático liso e rugoso;  complexo de Golgi;  endossomos e lisossomos;  mitocôndrias e transformação de energia;   peroxissomos.  Núcleo: estrutura e função. Número de aulas: 08.

DSC08009Unidade Didática Tecidos animais

Esta unidade visa a compreensão dos tecidos animais de forma integrada à anatomia e fisiologia. São abordados os tecidos epiteliais, conjuntivos, musculares e nervoso. Baseia-se nos pressupostos da aprendizagem ativa e traz variadas metodologias que pões o estudante no centro do processo. Número de aulas: 06.

Unidade Didática Fotossíntesefotossintese

Produtores, consumidores e decompositores são componentes bióticos que integram os ecossistemas e que se relacionam de tal forma que caracterizam estruturas bem definidas dentro das comunidades nas quais cada população desempenha um papel chave para a manutenção do equilíbrio dos ecossistemas. Os níveis tróficos são um exemplo dessas estruturas e os organismos autótrofos compõem a base essencial desses níveis, sendo fundamentais para a alimentação do fluxo de energia ao longo das cadeias alimentares. A presente unidade didática trata da importância dos organismos autótrofos para o processo de transformação de energia na biosfera, com enfoque no processo fotossintético de produção de compostos orgânicos e oxigênio. Ainda, ao final do conteúdo, uma breve discussão sobre a teoria da Endossimbiose foi elaborada para situar o conteúdo dentro do contexto evolutivo dos seres vivos.Desenvolver no estudante a compreensão da importância dos organismos autótrofos nos ecossistemas para o processo de transformação de energia, com enfoque no processo fotossintético de síntese de compostos orgânicos e oxigênio. No de aulas: 04

Unidade Didática Evolução Biológica

evoluçãoA presente unidade didática tem um tempo estimado de aplicação de 5 aulas de 50 minutos mais uma aula para aplicação da avaliação. Esse tempo pode ser entendido para um melhor aproveitamento dos conteúdos e apra a implementação de ferramentas didáticas que reforcem o aprendizado dos alunos acerca dos fundamentos de evolução biológica. Não recomendamos um maior nível de condensação do conteúdo , uma vez que isso pode acarretar num ensino superficial e que não contemple todos os aspectos considerados por nós necessários.